Comidas de Natal: Veja quais são os itens que não podem faltar em uma ceia italiana.

Dezembro chegou e a época mais emblemática do ano está aí! Por mais que não tenhamos visto o tempo passar em 2020, falta menos de um mês para o Natal! Aqui na Itália as lojas, comércios e casas já ganharam as decorações vermelhas e verdes que coloram o mês de dezembro.

Também ganharam luzes e, obviamente, o a figura do famoso Babbo Natale” – O papai noel, já entra em cena. 🎅

A data que também é muito celebrada aqui na Itália, possui diversos significados: O amor, a família reunida, a alegria de concluir mais um ano, e obviamente a fartura da comilança – que não falta nunca, seja no Brasil ou em terras italianas. 

Quando pensamos no Natal dentro das tradições alimentares brasileiras, não podemos esquecer de algumas comidas bem marcantes: O peru assado, as frutas, a rabanada, nozes, salpicão, o arroz com passas…. e por aí vai! Mas, e na Itália? Você sabe quais são os pratos mais comuns para essa data? 

Prepare seu estômago e conheça as delícias que compõem a ceia natalícia italiana:

Bacalhau

Apesar de não ser muito diferente no Brasil, onde também é comum comer bacalhau durante o natal, o peixe recebe um toque diferente para essa ocasião: É preparado em porções pequenas/ médias e servido frito. 

Pasta al forno

Você já sabe que as pastas/massas no geral são itens essenciais na vida de um italiano, não é mesmo? No natal não poderia ser diferente! O tradicional almoço do dia 25 de dezembro certamente é composto por um tipo de macarrão.

Normalmente é uma “pasta al forno”, ou seja, uma massa que é feita com uma preparação inicial na panela, e depois é finalizada ao forno….Tudo isso com aquele toque da nonna! 😍

hmmmmm …..Nem precisa dizer o quanto é bom!

Focaccia

Como tradição Siciliana, no dia 24 as mulheres da família se reúnem para fazer a iguaria que é orgulho de todo e qualquer siciliano: A Focaccia!

Diferente da focaccia feita ao norte do país, a siciliana – conhecida também como “Scaccia” na região de Ragusa, possui uma massa bem leve e fininha, e também recebe recheios bem diferentes do que estamos acostumados no Brasil, como ricotta e linguiça, molho de tomate, batata com linguiça, couve-flor ou berinjela. 

Uma delicia!

Panettone

Assim como no Brasil, aqui na Itália todo mundo gosta de Panettone e também das suas possíveis variações: Com frutinhas, com chocolate, só com uva passa, com pistache, e até a versão sem confeitos, simples, chamada Pandoro. 

Nessa época do ano é muito comum você se perder na sessão de panettones nos mercados italianos. É uma imensidão de possibilidades!

Não é à toa que é uma invenção italiana! Sim, para quem não sabe, o panettone foi criado na região de Milão. 

Segundo a lenda, há alguns séculos atrás o duque Ludovico pediu que fosse criado um doce especial de Natal. Um assistente do chef pasticcere ficou responsável pelo tempo de forno de alguns biscoitos que o renomado confeiteiro Toni criou especialmente para o Natal. Porém, o assistente acabou os esquecendo, e todos os docinhos criados foram queimados. Uma tragédia! 

Toni então decidiu pegar um pouco do que tinha, inserir algumas frutas secas e colocar ao forno, tudo de modo improvisado. Deu tão certo, que o Duque Ludovico mandou batizar a iguaria como “Panettoni’ , uma abreviação de Pan de Toni, Pão do Toni.

Apesar de ser uma história super fofa, não existe comprovação que seja verídica….Mas não tem problema, pois amamos panetone mesmo assim! 🤣

Torrone

A sobremesa que mistura açúcar, mel, ovos e amêndoas e nozes é uma das mais difundidas por aqui. Apesar de ser bem conhecido no Brasil, por aqui é muito diferente! 

A textura surpreende a todos: é macio, cremoso e firme ao mesmo tempo! É fácil encontrá-los em versões mais elaboradas como com pistache, com pedaços de chocolate..Uma delícia!

E aí… Conseguiu sentir o cheirinho de Natal? 🎄 Se você quiser conhecer mais, experimentar e ver tudo isso de pertinho, nós da Rosso Passaporto estaremos te esperando por aqui! 

2 visualizações0 comentário